Objetivos, hábitos e independência financeira

Independência Financeira – post inicial: objetivos e hábito de investir

 

Olá amigo,

Hoje o texto é um pouco mais reflexivo do que informativo.

Você sabe o que é independência financeira?

É um conceito de depende de ponto de vista, o que para mim é independência financeira pode não ser para você.

Mas existe uma certeza, para chegar lá é necessário esforço e disciplina!

No meu caso, independência financeira é atingir um ponto onde as minhas despesas vão ser absorvidas pelos rendimentos dos meus investimentos.

Ou seja, os rendimentos dos meus investimentos vão superar todos os meus gastos com habitação, comida, transporte, lazer e etc.

Obviamente é um objetivo de longo prazo e que eu tenho consciência de que não vai ser fácil realizar, mas estou disposto a fazer o possível para chegar lá!

Assim, na minha opinião, todos que investem deveriam traçar algumas metas e objetivos de curto, médio e longo prazo.

Eles servem para facilitar a sua vida financeira, bem como para deixar essa tarefa mais tranquila ao longo do tempo.

 

Independência Financeira é um processo longo mas recompensador
Com o tempo você percebe que o seu esforça gera resultados!

 

Como organizar as minhas metas e objetivos?

Existem várias maneiras de fazer isso, como estabelecer que em um ano você quer investir X mil reais, ou que durante um ano você vai investir dinheiro para sua viagem de férias do ano seguinte.

É um processo que exige disciplina e planejamento.

Desta forma, você evita de parcelar a viagem e, dependendo do caso, consegue aproveitar promoções e descontos!

Funciona da mesma forma para médio e longo prazos.

Se o seu objetivo é comprar um carro, uma casa, um apartamento, planejar uma viagem e até uma festa, o ideal é se planejar com antecedência e investir de antemão!

Com o passar do tempo, investir vai se tornar um hábito e você vai sentir, assim como eu quando comecei a perceber o poder dos investimentos e dos juros compostos, como é bom ter investido e ver seus rendimentos mês a mês.

 

Há um longo caminho pela frente, há meios de deixá-lo mais tranquilo!

 

É fácil falar em investir, mas não consigo guardar dinheiro!

Veja, a maioria das pessoas pensa que o dinheiro de investimento é “o que sobrar no final do mês”.

Este pensamento está equivocado e acaba fazendo com que você enrole e sabote o seu próprio futuro.

Por que?

Se você fica com seu dinheiro na conta disponível para pagar tudo aquilo que você “precisar”, você tem a sensação tranquilidade e poder, compra coisas desnecessárias e desperdiça dinheiro.

É tudo poder de hábito.

Faça uma experiência e registre TUDO o que consome, todos os pagamentos que você faz, sem exceções.

Se você usa seu dinheiro apenas com o essencial e, por esta razão, lhe falta dinheiro para investir, talvez você deva reavaliar a sua situação e pensar em formas de ganhar mais dinheiro (seja buscando qualificação, outro emprego ou atividades paralelas),

No entanto, a grande maioria das pessoas vai perceber que desperdiça dinheiro com bobagens, como tomar café todos os dias numa padaria, comer em restaurantes durante todos os dias da semana, ter plano de internet que sequer usa metade da franquia, pagar academia sem sequer frequentar… a lista vai longe.

Se este for o seu caso, você deve ter percebido que os valores são consideráveis não é? Imagina o estrago que isso faz durante o ano!

 

Alguma resposta então para evitar o desperdício?

No meu caso, a solução que encontrei foi separar o dinheiro para investimentos antes mesmo de pagar as contas.

Trato esse dinheiro como se fosse uma parcela de dívida.

De forma religiosa transfiro o dinheiro para contas de investimento e, só depois, vou avaliar o que tenho que pagar e quanto dinheiro tenho disponível para “gastar”.

Não preciso falar que tenho noção dos meus gastos para evitar surpresas, né?

Você acaba adquirindo um costume de viver com o que você precisa, e não com aquilo que as empresas querem que você ache que precisa.

Assim você consegue driblar de forma inteligente o consumismo.

Pode até parecer estranho, e vou escrever sobre isto, mas o mercado vive do consumo e nosso dinheiro é o combustível.

 

Conclusão

A estrada é bem longa para se atingir o objetivo final, o caminho não é nada fácil, mas se você fizer um planejamento e se manter constante, pode ter certeza que vai chegar lá!

Mudar o estilo de vida e mudar sua forma de pensar são tarefas muito complicadas, mas são dois fatores que facilitam demais a vida de quem pretende guardar dinheiro para investir.

Pretendo escrever mais sobre o tema, mas fica este aqui como post inicial.

Espero que tenha sido uma boa leitura!

Um grande abraço.

 

TL;DR: Investimento deve se tornar um hábito para fazer você atingir suas metas.

Estabelecer objetivos com prazos variados ajuda para planejar os investimentos.

Saber quais são suas despesas e conter os gastos desnecessários é essencial para cumprir seus planos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *